Matéria publicada em 27/02/2019


POLÍTICA DE INVESTIMENTO

Política de Investimento 2019: veja o que mudou

Alterações na legislação trouxeram modificações para esse ano

A Política de Investimentos 2019 (PI), ferramenta de planejamento de gestão dos ativos financeiros, sofreu mudanças em 2019. Essas se deram por conta de publicações que alteraram a legislação no ano passado: a publicação da Resolução CMN nº 4.661, em 25 de maio, e a publicação da Instrução Normativa nº 06, em 26 de novembro.

Na PI, foram alteradas as regras para os investimentos das EFPCs e estabelecidos seus critérios mínimos, como consequência das duas publicações, respectivamente.

A Resolução e Instrução Normativa têm foco na governança e, por isso, apesar das poucas alterações em limites e restrições para investimentos, o aumento na exigência formal para processos de investimento foi significativo.

A PI de 2019 reflete as novas exigências normativas. O documento pode ser separado em duas partes, conforme abaixo:

 

Parte 1: questões relacionadas a processos de forma geral, desde a estrutura de governança até a parametrização de processos de seleção, avaliação e monitoramento;

Parte 2: questões quantitativas, focadas no investimento em si. Essa parte se assemelha às PIs anteriores, que traziam menos pontos de governança e mais parâmetros de controle de investimentos.

 

Para maiores informações, acesse a íntegra da Política de Investimentos para cada plano:

PI - PLANO 1 PI - PLANO 2

Eleitos novos membros dos Conselhos Fiscal e Deliberativo

Conheça os eleitos!


Período de votação já começou!

Escolha os novos representantes da CargillPrev


Direto ao ponto