Matéria publicada em 22/08/2019


Planos fechados de previdência privada rendem até 57% a mais que bancos

Informação é resultado de pesquisa feita pela Anapar

Comparação feita pela Anapar, Associação Nacional dos Participantes dos Fundos de Pensão, apontou principais diferenças de rentabilidade entre planos de previdência privada abertos e fechados. Os fechados, comercializados por empresas, sindicatos, associações ou cooperativas, podem ter rendimento de até 57% a mais.

Essa diferença é justificada pelo fato dos planos abertos, oferecidos por instituições bancárias ou seguradoras, terem propósito de gerar lucro e remunerar capital de investidores. Por isso, as taxas são excessivas e cobranças por administração e carregamento tendem a ser maiores. Assim, o resultado é uma baixa rentabilidade, já que apenas parte do rendimento do investimento vai para o participante da previdência privada.

Na contramão, os planos de previdência privado fechados, também chamados fundos de pensão, não têm fins lucrativos. Assim, conseguem cobrar menores taxas de administração e carregamento, e revertem 100% da rentabilidade obtida nas aplicações para a conta dos participantes da previdência privada.

Além disso, planos fechados de previdência privada têm tanta segurando quanto os abertos, já que são todos regulados por lei e com segurança financeira garantida pelo Governo Federal, por meio da Previc, Superintendência Nacional de Previdência Complementar.

A CargillPrev está modernizando seus planos para atendê-lo cada vez melhor!

Faça o seu recadastramento até o dia 30/11!


Renovação de Percentuais da CargillPrev

Campanha para alteração de percentuais e perfis de investimento vai até dia 30 de dezembro


Direto ao ponto